Previous Next
GÊNEROS E ESPÉCIES DE ORQUÍDEAS NATIVAS DE SC

Phloeophila Hoehne & Schltr

Phloeophila Hoehne & Schltr.

Phloeophila é um gênero botânico pertencente à família das orquídeas (Orchidaceae).

O gênero Phloeophila foi proposto por Hoehne e Schlechter em Archivos de Botânica do Estado de São Paulo 1(3): 199-201, em 1926, quando descreveram a espécie Phloeophila paulensis Hoehne & Schlechter, aparentemente um sinônimo da Phloeophila nummularia.

Espécie tipo: Phloeophila nummularia (Rchb.f.) Pridgeon & M.W.Chase, (2001).

Etimologia

O nome vem do grego phloiophilus, cujo significado é que aprecia cortiça, uma referência ao hábito reptante destas espécies.

Distribuição

O gênero Phloeophila é formado por apenas quatro espécies originárias do norte sul americano, e da América Central, uma no sudeste brasileiro.

Habitat

Epífita em matas úmidas e sombreadas.

Descrição

São plantas de hábito reptante, com pequenas folhas arredondadas e carnosas; caule muito curto e de secção redonda com bainhas glabras; as sépalas podem possuir carenas, mas estas não são excessivamente salientes; apresentam inflorescência uniflora, com flores de sépalas concrescidas pelo menos até a metade de seu comprimento.

Taxonomia

A história desse gênero é bastante interessante: em 1974 Garay elaborou uma revisão de Phloeophila, subordinando a este algumas espécies do gênero Physosiphon.

Em 1975 Brieger descreveu o gênero Geocalpa segregando duas espécies, a Phloeophila asaroides e a Phloeophila pubescens, entretanto a descrição deste gênero não é considerada válida pois faltou descrição latina.

Em 1986, Carl Luer transformou Phloeophila em uma seção do subgênero Acianthera de Pleurothallis, e criou um novo gênero, Sarracenella, para abrigar as duas espécies segregadas por Brieger; mais tarde o próprio Luer publicou que Sarracenella estaria melhor como um subgênero de Pleurothallis.

Em 2001 Pridgeon & M.W.Chase finalmente ressusitaram o gênero Phloeophila, baseando-se nos resultados de suas análises filogenéticas, porém transferiram as duas espécies de Sarracenella para Acianthera, bem como todas as espécies de Ophidion.

Em 2006 Luer publicou uma revisão onde reconhece quatro espécies deste gênero.

Filogenia

A espécie que aqui vem classificada como Phloeophila nummularia, no estudo de Chase et al. vem completamente isolada deste grupo, formando na realidade o sétimo grande grupo da subtribo Pleurothallidinae junto com o gênro monotípico Luerella, grande grupo que portanto compreende apenas duas espécies.

Santa Catarina, possui as seguintes espécies:

 

Classificação Científica:

Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Orchidaceae

Etimologia e descrição do Gênero:

Família: Orchidaceae
Sub Família: Epidendroideae Lindley
Tribo: Epidendreae
Sub Tribo: Pleurothallidinae
Aliança: Sem informação
Quantidade total de espécies aceitas para o Mundo: 
Quantidade total de espécies aceitas para Brasil: 03
Quantidade total de espécies aceitas para Santa Catarina: 02

Espécies aceitas para Santa Catarina:


Voltar