Previous Next
GÊNEROS E ESPÉCIES DE ORQUÍDEAS NATIVAS DE SC

Constantia Barb. Rodr.

Constantia Barb. Rodr.

Constantia é um género botânico pertencente à família das orquídeas (Orchidaceae). Foi proposto por João Barbosa Rodrigues em Genera et Species Orchidearum Novarum 1: 78, em 1877, quando descreveu a Constantia rupestris, sua espécie tipo. O nome deste gênero é uma homenagem que fez João Barbosa Rodrigues à sua esposa, Constança Barbosa Rodrigues.

Distribuição

O gênero Constantia é composto por seis pequenas plantas, de crescimento reptante, rupícolas, raro epífitas, então normalmente hospedando-se em espécies de Vellozia, originárias do sudeste brasileiro, a maioria endêmica de Minas Gerais, algumas encontráveis em outros estados.

Apesar de seu aspecto delicado, são plantas resistentes, vivendo a pleno sol ou vicejando sobre rochas que recebem sol indireto e onde há maior acúmulo de umidade estando sujeitas com isso à grande amplitude térmica que ocorre entre o dia e a noite. Devido à sua forma, tamanho, e o hábito de agarrar-se fortemente às rochas onde vivem, são popularmente chamadas de carrapatos.

Descrição

Caracterizam-se por serem plantas atarracadas, rastejantes, com pseudobulbos muito pequenos e agregados, esféricos, achatados, bifoliados, não raro de cor verde clara acinzentada, fortemente fixados nas rochas. folhas orbiculares com nervura central destacada, carnosas, as vezes de superfície granulosa, um pouco maiores que os pseudobulbos.

A inflorescência é curta ou longa, ereta, e emerge de uma pequena espata no ápice do pseudobulbo, comportando apenas uma flor. Flores quase sempre grandes em comparação com o tamanho da planta, brancas, róseas ou avermelhadas, algumas espécies com detalhes amarelos no labelo ou riscas róseas nas pétalas.

As sépalas de forma, lanceolada ou elíptica ou triangulares, sempre com ápice agudo, são um pouco maiores e mais largas que as pétalas, estas lanceoladas, elípticas, ou elíptico-lanceoladas. O labelo é simples, não raro carnoso, de formato mais ou menos elíptico com extremidade acuminada e pode apresentar calosidade amarela alta em forma de três quilhas longitudinais junto à base.

Filogenia

Segundo a filogenia de Laeliinae publicada no ano 2000 em Lindleyana por Cássio van den Berg et al., Isabelia, Constantia e Pseudolaelia constituem um dos oito clados de gêneros que formam essa subtribo. Estes gêneros inserem-se entre Arpophyllum e um outro grupo de pequenas espécies da América Central, dentre os quais Broughtonia é o gênero mais conhecido.

 

Santa Catarina, possui as seguintes espécies:

 

 

Classificação Científica:

Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Orchidaceae

Etimologia e descrição do Gênero:

Família: Orchidaceae
Sub Família: Epidendroideae Lindley
Tribo: Epidendreae
Sub Tribo: Laeliinae
Aliança: Sem informação
Quantidade total de espécies aceitas para o Mundo: 
Quantidade total de espécies aceitas para Brasil: 06
Quantidade total de espécies aceitas para Santa Catarina: 02

Espécies aceitas para Santa Catarina:


Voltar